falecom@foodtips.com.br
receita gravlax de salmão influência nórdica na sua mesa de fim de ano foodtips

Gravlax de salmão: influência nórdica na sua mesa de fim de ano

Quer um prato elegante, fácil de fazer e que vai ter um belo impacto visual na mesa do fim de ano? Gravlax de salmão é a resposta! Esse salmão curado, fatiado finamente, vai ganhar uma linda cor roxa, com tons degradê até o laranja natural do salmão.

O preparo é realmente fácil, só precisa de tempo e um certo espaço na geladeira. Os acompanhamentos podem ser variados, algo deixado na mesa pros convidados se servirem ou montado em forma de canapés, e até mesmo, em sanduíches abertos.

Minha preferência é: canapés de gravlax com pão sueco, iogurte, dill, mini picles de pepino, ovo de codorna cozido e raspas de limão siciliano. Isso em uma mordida é tipo, “UAU!”. Então, bora para a receita que ainda dá tempo de preparar até o Natal, risos.

Ingredientes necessários para a receita:

01 filé de salmão.
01 beterraba grande.
½ repolho roxo.
02 copos de açúcar mascavo.
02 copos de sal.
01 maço de dill.
10 grãos de pimenta do reino preta.
02 colheres de sopa de raspas de limão siciliano.

Modo de preparo: Gravlax de salmão curado com beterraba e repolho roxo

– Rale a beterraba e o repolho e reserve.
– Pique o dill e reserve.
– Quebre os grãos de pimenta e reserve.
– Misture metade da beterraba, do repolho, do dill, da pimenta e da raspa de limão com o sal e o açúcar (essa é a nossa cura, que vai desidratar o salmão).
– Misture a metade restante dos ingredientes entre si, sem o sal e o açúcar (esses vão diretamente em contato com a carne do peixe, para saborizar e colorir).
– Disponha o filé de salmão sobre uma tábua, forrada com filme plástico, com a pele para baixo e seque com papel toalha.
– Distribua a mistura sem sal e açúcar diretamente na carne do peixe e pressione levemente.
– Agora espalhe a mistura da cura, tenha paciência, cubra o peixe todo, para garantir que a textura dele fique igual (não se assuste, vai bastante sal e açúcar, mas depois vamos retirar).
– Enrole o salmão no filme plástico, bem apertado, pode dar 3 voltas.
– Faça furinhos no plástico, do lado da pele, de forma que a umidade do salmão possa ser drenada através desses furos.
– Coloque o salmão em uma grade, sobre uma assadeira e leve à geladeira por 36h com um peso em cima (esse peso vai pressionar o salmão, e a umidade vai escorrer pelos furos feitos embaixo, no lado da pele).
– Retire da geladeira, desenrole, retire toda a cura do cima do peixe, lave rapidamente em água corrente e seque com papel toalha.
– Retire a pele (dá pra puxar com a mão, ela estará ressecada por causa da cura, mas se tiver habilidade com faca, pode tirar tradicionalmente).
– Fatie finamente e revele os tons degradês da nossa cura, do roxo para o laranja.
– Sirva gelado com os acompanhamentos da sua preferência (já vou avisando que não combina com molho shoyu, risos).

Dica: deixe iogurte natural, integral, não adoçado, em uma peneira forrada com um pano limpo na geladeira, pelo mesmo tempo do salmão. Todo o soro do iogurte vai escorrer e o resultado é o iogurte com uma bela textura que pode servir como acompanhamento ou até como base para outros molhos e patês.

Esse é bem fácil de fazer! Sem desculpas para repetir a mesa do ano passado…

Compartilhe com os amigos
Voltar

Veja também